GEOPARK ARARIPE: PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE

Geoparque (ou geopark, em inglês) é uma marca atribuída pela Rede Global de Geoparques (GGN), sob os auspícios da UNESCO a uma área onde sítios do patrimônio geológico (geossítios) representam parte de um conceito notável de proteção (geoconservação), educação (geoeducação) e desenvolvimento sustentável (geoturismo e desenvolvimento territorial).

Um geossítio é caracterizado por ser um local de relevância nos seguintes aspectos: geológico (formação estratigráfica/rochas), paleontológico (fósseis), cultural (manifestações diversas da(s) comunidade(s) que o compõe) e histórico (história de um povo e de sua terra).

Do ponto de vista geográfico, um geoparque representa uma área suficientemente grande e com limites bem definidos para servir ao desenvolvimento econômico local.

E a importância de um Geopark para a (s) comunidade (s) que o compõe se define mediante as seguintes metas:

  • Preservar o patrimônio geológico para futuras gerações (geoconservação).
  • Educar e ensinar o grande público sobre temas geológicos e ambientais e prover meios de pesquisa para as geociências.
  • Assegurar o desenvolvimento sustentável através do geoturismo, reforçando a identificação da população com sua região, promovendo o respeito ao meio ambiente e estimulando a atividade socioeconômica com a criação de empreendimentos locais, pequenos negócios, indústrias de hospedagem e novos empregos;
  • Gerar novas fontes de renda para a população local e a atrair capital privado.

O território do Geopark Araripe se estende muito além das simples definições de enciclopédias. Localizado no sul do Estado do Ceará, faz parte da região denominada Cariri, no semiárido Nordeste do Brasil.

O GeoPark Araripe foi o primeiro geoparque das américas e hemisfério sul reconhecido pela GGN (Global Geoparks Network) e é composto por 9 geossítios que estão distribuídos em 6 municípios da Região do Cariri: Batateiras (Crato), Pedra Cariri e Ponte de Pedra (Nova Olinda), Parque dos Pterossauros e Pontal de Santa Cruz (Santana do Cariri), Cachoeira de Missão Velha e Floresta Petrificada (Missão Velha), Riacho do Meio (Barbalha), Colina do Horto (Juazeiro do Norte). O território desse geoparque brasileiro,  patrimônio da humanidade, totaliza uma área de 3.441km².

Pela relevância histórica, cultural, geológica e paleontológica, convidamos você a conhecer as dimensões do território do Geopark Araripe e a complexidade de seu território!

 

Seja bem-vindo, seja Geopark Araripe!!!

Parceiros